Sexta, 28 abr 2017
Ligas
+ Filiados
2ªDIV
A3
A2
A1
Torneio Internacional Feminino
Brasil vence Itália e é heptacampeão do Torneio Internacional Feminino
O jogo marcou também a despedida de Formiga, que marcou época na seleção
Publicado em 18 de dezembro de 2016, às 20h28
Compartilhar:

Sob o comando de Emily Lima, a seleção brasileira conquistou o heptacampeonato do Torneio Internacional Feminino ao vencer a Itália por 5 a 3, em partida disputada na noite deste domingo, na Arena Amazônia, terminando assim com 100% de aproveitamento - quatro jogos e quatro vitórias.

Brasil, que conquistou o sexto título seguido da competição, já havia vencido a Itália na Fase de Grupos, vencendo por 3 a 1. Dessa vez, a equipe europeia impôs uma maior dificuldade, mas acabou ficando com o vice-campeonato.

O jogo também marcou a despedida de Formiga, que anunciou a aposentadoria da seleção brasileira. Ao lado de Marta, é um dos principais nomes que o Brasil já teve, uma vez que disputou seis Copas e seis Olimpíadas.

Sem nomes como Marta e Cristiane, a seleção contou com o talento de Bia para sair do primeiro tempo com a vitória parcial. A atacante abriu o placar aos oito minutos. Thaisa tentou, a bola sobrou para Bia, que cortou a adversária e chutou para o fundo das redes.

O empate veio aos 14 minutos. Ilaria Mauro arriscou de longe e mandou no ângulo de Bárbara. O Brasil não se abateu e se colocou na frente aos 20. Bia colocou Gabi na cara de Schroffnegger. A camisa 19 só tocou para o gol.Gabbiardini, após cruzamento de Gama, fez o segundo da Itália. Antes do apito final, deu tempo da seleção brasileira fazer o terceiro. Aos 36 minutos, Andressinha cobrou falta com perfeição, sem chances para Schroffnegger.

No segundo tempo, o ritmo seguiu intenso, e o Brasil fez o quarto aos dois minutos. Bia, de novo, puxou a jogada e viu a bola sobrar para Andressinha, que estufou as redes. A Itália diminuiu aos 11. Gabbiardini saiu em velocidade e lançou para Ilaria Mauro, que deixou passar para Bonasea marcar.

A  equipe brasileira continuou atuando de forma ofensiva e ainda marcou o quinto. Aos 15 minutos,  Fabi cruzou, Gabi Nunes fez o corta-luz e viu Debinha deixar o seu.

Outros destaques
FPF no Facebook