Quinta, 13 ago 2020
Ligas
+ Filiados
2ªDIV
A3
A2
A1

São José
Adilson José da Silva
Presidente
São José Esporte Clube
História

No dia 13 de agosto de 1933, o esportista Galiano Alves fundou o Esporte Clube São José, nascendo de uma dissidência da Associação Esportiva São José, que naquela época possuía alguns dos principais jogadores do futebol amador da cidade. A equipe manteve-se participando de torneios amadores em São José dos Campos durante 31 anos, até se profissionalizar no dia 8 de março de 1964.

Naquela época, o Esporte Clube São José usava como uniforme camisas pretas, listas verticais brancas e calções pretos (semelhante ao segundo uniforme do Corinthians) e atuava no Estádio da Rua Antônio Saes. O atual estádio Martins Pereira só seria inaugurado em 1970.

O time profissional da cidade continuou com o mesmo nome até dezembro de 1976, quando, atolado em dívidas, e quase falido, foi obrigado a mudar de nome para fugir das cobranças e ameaças de penhora. Na oportunidade, Altamirando Negrão de Palma assumiu a presidência do clube e, junto de outros três diretores, Geraldo Marcolongo, Sérgio Ângelo e Pedro Yves Simão, procuraram ajuda na Federação Paulista de Futebol que, em uma manobra inteligente, fez com que o Esporte Clube São José se transformasse em São José Esporte Clube, mudando inclusive as cores do uniforme e o distintivo. O alvinegro foi substituído pelo azul, amarelo e branco, que são as cores oficiais da cidade.

A estreia em competições oficiais foi em 1957, ainda com o antigo nome – Esporte Clube São José –, no Campeonato Paulista da Terceira Divisão. Entretanto, foi a primeira e única participação durante um longo período, que durou até 1964, quando disputou a Terceira Divisão Estadual (equivalente à atual Segunda Divisão) e foi campeão, conseguindo o acesso à Segundona no ano seguinte.

Em 1965, disputando o Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o clube obteve êxito, conquistou mais um título e, consequentemente, mais um acesso, agora para a Primeira Divisão (atual Série A2) em 1966. Porém, o São José esteve inscrito na competição apenas até o ano seguinte (1967), quando novamente passou por um período longe das competições oficiais.

O clube voltou às atividades em 1971, ainda na Primeira Divisão, onde permaneceu até 1976.

No ano de 1977, já com o atual nome – São José Esporte Clube –, a equipe disputou o Campeonato Paulista da Série Intermediária, nomenclatura que permaneceu até 1979. Em 1980, passou a se chamar Segunda Divisão e, naquele ano, o São José Esporte Clube conquistou o título da competição, vencendo o Grêmio Catanduvense na final por 4 a 0 e passou à Primeira Divisão Estadual (atual Série A1).

A equipe esteve na elite do futebol paulista por três anos, até 1983, e em 1984 não participou da competição - retornou ao futebol profissional no ano seguinte, novamente na Segunda Divisão. O São José levou mais três anos para conseguir voltar à elite. Em 1987, venceu a Série Especial e chegou à Primeira Divisão, competição que participou de 1988 a 1993, quando foi rebaixado.

De 1994 a 1996 disputou a Série A2 do Campeonato Paulista, competição que credenciou o time novamente à Série A1 de 1997. No ano 2000, o clube foi mais uma vez rebaixado para a Série A2 e, quatro anos mais tarde, em 2004, caiu para a Série A3. Em 2006 conseguiu o vice-campeonato da Série A3 e voltou a disputar a A2, em 2007.

Na temporada de 2007, o São José conseguiu a classificação à segunda fase do Campeonato Paulista da Série A2. Contudo, terminou as semifinais na última colocação do Grupo 02 e não conseguiu o acesso. No ano seguinte, terminou a primeira fase na 9ª colocação e, mais uma vez, permaneceu na Série A2.

Em 2009, com uma boa campanha na primeira fase da competição – quando terminou na 6ª colocação –, o São José conseguiu se classificar à fase seguinte do Campeonato Paulista da Série A2. Nas semifinais, a equipe ficou muito próxima de conseguir o tão sonhado acesso. O time terminou na terceira colocação do Grupo 03, dois pontos atrás do Sertãozinho – equipe que se classificou à elite de futebol paulista. Na última partida, o São José foi derrotado pelo Rio Branco, em Americana, por 2 a 0, e não conseguiu a vaga para a Série A1.

Na Série A2 de 2010, o São José ficou com a última vaga para se classificar á segunda fase da competição e foi eliminada na penúltima rodada, quando ficou no empate por 1 a 1 com o Noroeste, dentro de casa. Assim, terminou sua participação na terceira colocação do Grupo 02 com seis pontos ganhos.

No ano seguinte o São José conseguiu ficar com a primeira colocação do grupo e chegou na fase seguinte com grande expectativa. Porém, no quadrangular, viu Guarani e Comercial levarem a melhor e mais uma vez não subiu.

Em 2012 o clube terminou a primeira fase em 12º e em 2013 foi o nono colocado, ficando de fora da segunda fase em ambos os anos.

Já em 2014 uma campanha ruim. Com alguns problemas fora das quatro linhas, o clube joseense acabou terminando a competição na última colocação com apenas oito pontos ganhos. Durante o torneio, o São José conquistou apenas uma vitória. Além de cinco empates e 13 derrotas. Apesar do rebaixamento, o clube iniciou um novo planejamento e disputou a Copa Paulista, mas acabou eliminado na segunda fase.

Com novo projeto em 2015 e Tuca Guimarães no comando, o clube iniciou bem a Série A3, mas com um elenco reduzido e, mais uma vez, problemas fora de campo fizeram o time trocar de treinador e apostar ex-jogador Marcus Vinicius. A troca deu resultado e o clube perdeu a classificação para a segunda fase no final da partida contra o Juventus. O resultado deixou o São José na décima colocação com 29 pontos ganhos.

Ficha Técnica
São José
Endereço
Rua Ricardo Edwards 95 - CEP 12220-290 Telefone: 12 3933-5282
WEb site oficial
www.saojoseec.com.br
Fundação
24/12/1976
Mascote

 

O São José Esporte Clube já fez várias fusões ao longo de seus 74 anos de vida. Foi a partir de 1976 que o clube passou a utilizar o atual nome. Naquele momento, o Esporte Clube São José ainda era chamado de “Formigão do Vale”, devido a quantidade enorme de formigas do tipo “içá” que voavam pela cidade.

Para o novo momento, o São José trocou de nome, de cores (antes era preto e branco) e de mascote. A águia foi escolhida para representar o clube do Vale do Paraíba pelo valor simbólico que a força e a garra da ave representariam daquele momento em diante de sua história.

Em 1989, a Águia do Vale mostrou a sua força quando chegou às finais do Paulista, mas acabou derrotado pelo São Paulo.