Quinta, 28 mai 2020
Ligas
+ Filiados
2ªDIV
A3
A2
A1

XV de Jaú
Rodrigo Luiz Paulino
Presidente
Esporte Clube XV de Novembro de Jaú
História

 

O Esporte Clube XV de Novembro de Jaú foi fundado no dia 15 de novembro de 1924, como homenagem à Proclamação da República. As cores que o clube ostenta, verde e amarela, também fazem alusão às cores da Bandeira Brasileira. Em 1931, o clube recebeu o apelido de “Galo da Comarca” e o animal continua como mascote.

 

Inicialmente, XV de Jaú passou duas décadas disputando torneios amadores pelo interior do Estado e apenas em 1948 resolveu se profissionalizar, quando participou de sua primeira competição profissional: o Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Disputou a competição até 1951, quando foi campeão ao derrotar na final o Jabaquara, obtendo o acesso à Primeira Divisão.

 

Dois anos mais tarde, mais precisamente no dia 10 de setembro de 1953, o “Galo” realizou um amistoso contra o Clube de Regatas Flamengo (RJ), no estádio do Maracanã, conseguindo um empate por 4 a 4. No ano seguinte, em 26 de setembro de 1954, o XV de Jaú venceu o Palmeiras por 4 a 2, conquistando a Taça das Goleadas, oferecida à equipe com o melhor ataque nos jogos contra times da capital e da Baixada Santista.

 

O clube conseguiu manter-se na elite do futebol estadual por oito anos, mas em 1959 acabou rebaixado à Segunda Divisão. O XV de Jaú participou de nove edições da Segundona e, em 1968, resolveu fazer uma pausa no futebol profissional, retornando apenas em 1975, no Campeonato Paulista da Primeira Divisão, equivalente à atual Série A2.

 

Durante o tempo em que ficou inativo, o clube aproveitou para inaugurar seu estádio, o Zezinho Magalhães, que tem capacidade para 18 mil pessoas. Em jogo contra o Juventus, no dia 15 de agosto de 1973, o XV de Jaú não estreou com vitória em seus domínios e foi derrotado por 2 a 1. O gol do time da casa foi de Dejair Godoy, o primeiro da história do estádio.

 

Em 1976, o XV de Jaú chegou a mais uma conquista: foi campeão paulista da Primeira Divisão, conseguindo acesso à Série Especial (equivalente à atual Série A1), competição que disputou por quase duas décadas, até 1993, quando foi rebaixado à Série A2. Nesse meio tempo, em 1977, o estádio Zezinho Magalhães registrou recorde de público: 24.533 pessoas para assistir à partida entre XV de Jaú e Corinthians, pelo Campeonato Paulista.

 

Após disputar a Série A2 do Estadual nos anos de 1994 e 1995, o clube conseguiu voltar à A1 em 1996, mas logo no ano seguinte foi rebaixado. Em 1998, o XV de Jaú não fez boa campanha e amargou mais um rebaixamento, para a Série A3. Já em 2006, o clube foi vice-campeão desta divisão, conseguindo retornar à A2. Mas três anos depois voltou à A3 do Campeonato Paulista, onde permanece.

Ficha Técnica
XV de Jaú
Endereço
Avenida Caetano Perlatti, s/n - Jardim Estádio - CEP 17203-370 Telefone: (14) 3412-0675
WEb site oficial
Fundação
15/11/1924
Estádio Mandante
Jauzão
Jaú
Mascote

 

Sete anos após sua fundação, no ano de 1931, uma reunião entre alguns clubes da região de Jaú acabou definindo o nome da mascote do XV. Manoel do Porto, representante do clube na ocasião, tentava defender o XV na formação das equipes participantes no campeonato da região. O presidente do clube, chamado Bocaina F.C., não gostou da postura do representante do XV afirmando que o clube estava se portando como um galo, levantando a crista. A resposta do dirigente do XV foi imediata: “então o senhor quer dizer que o XV é o galo da comarca?”. Nascia assim a mascote do XV de Jaú.